< VOLTAR ATRÁS

Iguana Verde

Considerada por muitos como o primeiro réptil animal de estimação, a Iguana Verde (Iguana iguana) conquistou o seu lugar em muitos lares por todo o mundo. A família Iguanidae (à qual pertence a Iguana Verde) possui mais de 700 diferentes espécies originárias de todo o continente americano, da Ilha de Madagascar em África, e das Ilhas Fiji na Ásia.

Ao contrário do que se pensa, as Iguanas crescem bastante, tornando-se em animais com grandes necessidades de espaço. A Iguana Verde adulta está entre os répteis de maior porte da América do Sul, podendo chegar aos dois metros e pesar até 8 kg.

As Iguanas Verdes receberam o seu nome, devido à coloração verde que envergam. Enquanto jovens, as Iguanas apresentam cores mais vibrantes. Em adultas, o verde torna-se mais acastanhado. Têm uma crista que percorre o corpo desde a nuca até à ponta da cauda e uma papada que se desenvolve com a idade. A cauda é longa e chega a constituir metade do comprimento do animal. As Iguanas Verdes têm dedos longos e garras que são vitais para trepar árvores.

As iguanas são primariamente herbívoras. Enquanto pequenas podem comer pequenos insectos, mas este hábito diminui com a idade. Ao contrário de outros répteis, a Iguana não necessita de alimento vivo para ser criada. Uma dieta rica em verduras é o mais indicado para o animal. Existem rações para répteis à venda no mercado, mas é sempre preferível e mais saudável uma equilibrada e variada salada de legumes e folhas verdes.

Iguana Verde Iguana Verde Iguana Verde